Dica 162 – A aula de inglês não é uma competição

Uma sala de aula de inglês é bastante heterogênea. Embora os cursos sejam divididos em níveis, cada pessoa é diferente. Cada um tem habilidades diferentes e está num estágio diferente de desenvolvimento. Isso varia muito também em função de como a pessoa se dedica ao estudo do inglês, em função do que a pessoa faz fora da sala de aula – assistir a filmes, ler livros e conversar em inglês por exemplo. Ou seja, mesmo que a sala seja de um determinado nível, cada pessoa lá dentro tem um nível diferente.

É importante você lembrar, no entanto, que a aula não é uma competição de quem sabe mais. Você não precisa se sentir na obrigação de saber mais do que os outros. E você não precisa se sentir mal porque alguém sabe mais do que você. Você não tem que se sentir pressionado a tirar uma nota maior do que os outros, nem ficar triste pois a sua nota foi a terceira maior nota da turma e não a primeira. Não é uma corrida! É um processo de aprendizado.

Na vida fora da sala de aula as pessoas também têm conhecimentos diferentes. Se você olhar pessoas que têm a mesma idade que você e que estudaram as mesmas coisas, verá que elas sabem coisas diferentes, em  níveis diferentes. Eu sei mais inglês do que o meu amigo X, mas ele sabe mais sobre política do que eu. E a convivência entre as pessoas diferentes proporciona muitas oportunidades de troca.

Na nossa vida cotidiana no trabalho convivemos com pessoas de diferentes idades, que se formaram em profissões diferentes da nossa, que têm experiências diferentes das nossas, e isso é muito bom, pois há um grande intercâmbio de ideias e conhecimentos.

As pessoas sempre crescem, sempre aprendem mais, e é um processo individual. Cada pessoa é diferente e numa sala de aula o importante é todos crescerem juntos. Não importa chegar na frente dos outros. O importante é você andar para a frente.

Até mais,

Carlos

Anúncios

2 Respostas to “Dica 162 – A aula de inglês não é uma competição”

  1. Laís Says:

    Ai, Carlos, queria ter lido esse seu texto semestre passado… Teria me ajudado muito… rsrsrs.
    Nada mais verdade que isso, né?
    Bjs,

    • carlosgontow Says:

      Oi Laís,

      Nunca é tarde, né? A gente sempre pode aproveitar as coisas. Principalmente tendo agido de manera diferente no passado, nós apreciamos mais as coisas novas que aprendemos.

      Obrigado pelo comentário,

      Carlos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: