Posts Tagged ‘entender’

Dica 615 – Como aprender inglês sem esforço

maio 5, 2015

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Dica 607 – Brinque com as palavras

janeiro 8, 2015

Na nossa própria língua, nós costumamos brincar com as palavras. Às vezes usamos as palavras com duplo sentido, usamos palavras diferentes para expressar alguma coisa, e até inventamos palavras novas. Crianças aprendem a falar brincando com os sons e com as palavras. É muito natural fazer isso.

No entanto, às vezes nós levamos a língua estrangeira a sério demais. Ao brincarmos com as palavras achamos que estamos errando. Não precisa ser assim. Quando aprendemos inglês, também podemos fazer esse tipo de brincadeira. Isso é muito positivo e nos ajuda a aprender mais.

Quando eu era criança, eu falava em inglês e quando não sabia uma certa palavra, falava ela em português mas com um sotaque em inglês. Muitas vezes alguma daquelas palavras que eu “inventava” eram palavras em inglês messmo. Eu tive um aluno recentemente, de 7 anos de idade, que falava as palavras em português colocando o sufixo -ation no final. Por exemplo, dizia, sentation na cadeiration. Eu sempre dizia para ele que o sufixo -ation não transformava a palavra em inglês, mas um dia ele falou imagination e eu falei que aquilo era inglês. Ele acabava descobrindo algumas palavras que eram palavras de verdade.

Hoje, a minha aluna Maria Tereza me mandou o link desse vídeo muito bacana, publicado no site http://www.ted.com (Eu já escrevi um post sobre esse site). O video mostra Erin McKean  falando sobre a invenção de palavras novas. O vídeo se chama “Go ahead, make up new words” e pode ser achado no youtube também. Assista:

A invenção de palavras é muito comum na nossa língua nativa. É claro que é muito mais fácil inventar palavras na nossa língua do que na língua estrangeira. Mas nada dos impede de brincarmos e nos divertimos com a língua.

Até a próxima,

Carlos

 

 

Dica 604 – Tenha a sua “biblioteca sobre rodas”

dezembro 4, 2014

Uma outra ideia muito bacana do livro “100 Ways to Motivate Yourself” de Steve Chandler é a criação de uma “biblioteca sobre rodas”.

Você já se deu conta de quanto tempo passamos dentro de um carro durante o dia? Se você mora numa cidade grande, como eu, esse tempo pode ser muito grande. E você passa a maior parte desse tempo mal humorado.

Steve Chandler diz é o tempo que passamos dentro do carro não precisa ser frustrante. Você pode usar esse tempo para se educar e para se motivar. Que tal usar esse tempo para praticar inglês? Se você está estudando inglês num curso ou por conta própria, você pode ouvir gravações do seu curso. Pode só ouvi-las, ou aproveitar para ouvir e repetir. Se você não está num curso, pode ouvir outras gravações de diálogos, textos, podcasts, notícias em inglês ou qualquer outra coisa que possa ajudar o seu inglês.

Você pode usar esse tempo para aprender a cantar uma música nova em inglês. Basta ter a letra no banco ao seu lado. Quando o trânsito der uma paradinha, dê uma olhada na letra. Depois vá tentando cantar a música até aprender. Isso é uma coisa que eu faço muito.

Segundo o livro de Steve Chandler, foi feita uma estimativa de que no tempo gasto em 3 meses no trânsito uma pessoa pode receber o equivalente a um semestre de educação. Eu nunca tinha pensado nisso, mas realmente é muito tempo! E nós vivemos dizendo que não temos tempo para nada! O segredo é saber aproveitá-lo.

Se você não anda de carro, a mesma coisa pode ser feita no transporte público. Você pode ouvir coisas em inglês no ônibus, metrô, trem, taxi, até mesmo andando a pé. Outro dia, andando de metrô, me dei conta da quantidade de pessoas com o seu telefone, a maioria mandando mensagens ou jogando. Por que não usar esse tempo em prol do seu inglês?

A tecnologia pernite que você tenha no seu telefone, tocador de mp3 ou tablet uma quantidade enorme de material que é fácil de carregar e acessar a qualquer momento. Você pode ter uma biblioteca inteira ao alcance das mãos.

Colocando a sua biblioteca sobre rodas você vai usar o seu tempo muito melhor. E vai até melhorar o humor! Bom, né?

Até a próxima,

Carlos

 

 

Dica 602 – Contenha a ansiedade! Dê tempo ao tempo!

novembro 24, 2014

Recebi uma pergunta de um leitor, que achei melhor responder na forma de um post, pois é um assunto que diz respeito à maioria das pessoas.

O Jonas Schirmer me escreveu dizendo o seguinte:

“Sou estudante de inglês há 7 meses e sempre procuro praticar. Adquiri um pouco de vocabulário, mas fico confuso quando só pratico listening sem a transcrição. O que devo fazer?”

Eu já falei sobre isso algumas vezes, inclusive nos meus livros, mas acho importante voltar ao assunto. Um dos grandes problemas do mundo moderno é o imediatismo. Nós temos tudo muito fácil, e ao alcance da mão. E para muitas coisas, isso é muito bom! Podemos ler as notícias em poucos instantes e saber tudo o que acontece em qualquer lugar do mundo. Eu adoro baixar os meus seriados favoritos no dia seguinte aos que são exibidos nos Estados Unidos ao invés de ter que esperar para vê-los na TV aqui no Brasil. Você precisa de uma receita de comida, e consegue achar várias versões dela na internet a um toque do dedo. E muito mais.

Por outro lado, esse imediatismo nos levou a querer tudo fácil demais, e há coisas que levam tempo. O aprendizado, por exemplo. Não dá para ser aprender alguma coisa imediatamente. Tudo demora! E esse é o processo normal.

Quando eu era criança e adolescente e estava no colégio, eu fazia dezenas de exercícios de matemática até aprender bem. Eu ficava horas decorando os passados dos verbos em inglês, até aprendê-los.

Um ator ensaia uma peça durante meses até aprender o texto, colocar as emoções corretamente em cada fala e lembrar as suas posições no palco. E por aí vai.

Aprender inglês leva tempo, como aprender qualquer coisa. E você precisa se dar esse tempo. Não é de uma hora para outra que você vai aprender inglês. Vai demorar um pouco. O quanto isso vai demorar, depende de vários fatores, inclusive a sua dedicação.

Entender o que você ouve numa língua estrangeira não é fácil. No início, você não entende absolutamente nada. Mas aos poucos você começa a entender mais e mais. É claro que você não se lembra, mas quando você nasceu também não entendia nada do que as pessoas falavam para você. Mas com o temp0, foi aprendendo a entender. E hoje você entende a sua própria língua.

Essa história de imediatismo funciona assim. Você mal começa a estudar inglês e já quer entender um filme em inglês. E fica frustrado se não consegue. Lembre-se: este é um processo longo. Não se frustre – você é normal!

Quando você usa um livro didático, as atividades de listening são programadas cuidadosamente para serem um pouquinho acima do seu nível, para sempre estimulá-lo a crescer. Mas se você vê um filme ou ouve um coisa qualquer, aquilo não foi pensado em um estudante de línguas. Por isso é normal ser muito difícil. Mas com tempo isso vai se tornar mais fácil. Isso, é claro, se você sempre ouvir coisas em inglês.

Como o Jonas diz na sua pergunta, muita gente acha que ler a transcrição do texto ajuda a entender. Isso é um equívoco, pois a pessoa que faz isso entende melhor por ter lido, não por ter ouvido. E ler é uma outra habilidade que você precisa desenvolver, mas aí é um outro assunto. Ler não melhora a sua abilidade de ouvir em inglês. Para isso você precisa ouvir!

Se você controlar a sua ansiedade e a sua necessidade de querer entender tudo, vai ver que esse processo funciona. Uma ideia que eu dou aos meus alunos é assistir o mesmo filme ou seriado várias vezes. Na primeira vez, coloque na sua cabeça que não vai entender nada mesmo. E irá se supreender. Quanto mais vezes você assistir, mais vai entender. Mas mesmo que não entender tudo, não se desespere. Você chega lá.

No caso do Jonas, 7 meses não é muito tempo para aprender uma língua. Ainda há muito chão pela frente. É preciso de calma. É preciso dar tempo ao tempo. Aos poucos você vai entender mais e mais.

Usar a transcrição é uma muleta. Você pensa que está entendendo, mas não está. O dia que você achar que já está entendendo melhor e não olhar mais a transcrição, vai ter dificuldade novamente. Então o negócio é enfrentar a dificuldade agora!

Como eu já disse antes, tente ver as coisas pelo lado positivo. Não pense no que não consegue entender. Pense no que já consegue e vai ver que isso vai sempre aumentar!

Devagar e sempre!

Até a próxima,

Carlos

 

Dica 600 – Uso do “Simple Present” no seriado “The McCarthys”

novembro 1, 2014

O seriado “The McCarthys” estreou essa semana na TV americana. Pelo primeiro episódio, parece que será bem engraçado. Eu gosto da temporada de estreias dos novos seriados, pois podemos experimentar diversos programas e ver se gostamos. Eu costumo ver pelos menos uns três episódios antes de me decidir. Às vezes não dá para ter uma boa ideia assistindo só ao primeiro – se bem que muitas vezes eu nem chego ao fim do primeiro.  Alguns eu continuo assistindo e os que eu não gosto, deixo pra lá.

É divertido também assistir aos seriados antes que muitos deles estreiem no Brasil. Aliás, muitos deles nem chegarão a ser exibidos por aqui.

No primeiro episódio de “The McCarthys” a primeira cena já me chamou a atenção pelo uso do simple present. É bem fácil de entender, mesmo para quem é iniciante no inglês. Além disso, tem uma discussão interessante sobre o uso do artigo definido the.

Assista:

Se você se interessou procure assistir ao episódio inteiro. Assistir a seriados em inglês sem legenda ajuda você a melhorar a sua comprensão. Mesmo que entenda pouco no começo, resista à tentação de ler as legendas. Elas acabam se tornando uma muleta e você acha que está entendendo mais, mas isso ocorre porque você leu, não porque você entendeu o que foi dito. Se continuar tentando, vai entender cada vez melhor.

Até a próxima,

Carlos

Dica 599 – Happy Halloween com “Friends”

outubro 31, 2014

Happy Halloween!

Eu adoro Halloween, como os meus amigos e seguidores já devem estar cansados de saber, não é?

Para comemorar a data, aqui vão duas cenas do maravilhoso seriado “Friends” onde os personagens estão comemorando o Halloween. Entre uma piada e outra, dá para a gente conhecer um pouco dos aspectos culturais do Halloween.

Assista:

“Friends”:

 

 

Gosta de “Friends”? Assista aos episódios que estão sempre sendo repetidos por aí. Ou compre os DVDs, ou ainda baixe o seriado da Internet. Apesar de já ter terminado há muitos anos, ainda é muito divertido e atual.

Assistir a seriados de TV é uma ótima maneira de se divertir, aprender a língua e aprender a cultura dos países de língua inglesa. O tipo de humor e o tipo de piada tem tudo a ver com a cultura do país, e a língua reflete tudo isso. Hoje em dia nós temos a facilidade de ter acesso a todos os tipos de programa na língua original, e isso é um instrumento muito útil ao aprendizado da língua. Quando eu comecei a aprender inglês, nada disso existia.

Quando eu comecei a dar aulas de inglês, eu viajava para o exterior e trazia fitas de video com programas americanos e os alunos ficavam maravilhados com o que viam. Hoje nós temos tudo ao nosso alcance. Só não aproveita quem não quer!

Aproveite que o mundo hoje é muito menor. Você consegue achar o que quiser. Use isso para o seu inglês e para se divertir!

Até a próxima e (é claro) Happy Halloween,

Carlos

Dica 598 – Pratique os números em inglês com o Halloween

outubro 30, 2014

Achei esse vídeo bem interessante, com algumas informações e fatos sobre números ligados ao Halloween. Não verifiquei se esses números são corretos, mas é uma oportunidade para você conhecer um pouco mais sobre o Halloween e praticar os números em inglês.

 

 

A gente aprende a falar os números quando estuda inglês, mas não costuma dizê-los em voz alta. Com isso acaba tendo dificuldade quando precisa falar, principalmente os números maiores. Uma maneira de resolver o problema é praticar bastante.

Comece praticando os números que aparecem nesse vídeo. Tente dizê-los ao mesmo tempo que o narrador do filme. No começo pode ser difícil falar rapidamente, mas repetindo muito você consegue.

Depois, procure ler todos os números que você vê durante o dia em voz alta em inglês. Quando estiver andando na rua, leia em voz alta os números das casas, dos prédios, placas de carro, preços em vitrines, etc. Leia as placas dos carros como se fosse um número só, pois assim você pratica lendo números na casa dos milhares.

Como sempre, a prática é que vai fazer você melhorar cada vez mais. E isso depende de quem?… De você mesmo!

Então, vamos lá, comece agora!

And Happy Halloween!

Carlos

IMG_8841

 

Dica 596 – Cante e se prepare para o Halloween

outubro 28, 2014

O Halloween, que é comemorado no dia 31 de outubro, é uma ótima oportunidade para a gente se divertir e conhecer um pouco mais da cultura dos povos de língua inglesa. Como eu já disse muitas vezes, a língua e a cultura andam juntas e é muito importante aprendê-las, pois muitas coisas que se dizem fazem muito mais sentido quando se entendem os aspectos culturais.

Para ajudar e atiçar a sua curiosidade, aqui está uma música divertida de Haloween e dois vídeos com vocabulário relacionado ao Halloween.

“Halloween Rules”

 

Halloween vocabulary:

 

 

Ouça a música e cante várias vezes até aprender. Divirta-se enquanto pratica o seu inglês.

Pratique as palavras ligadas ao Halloween e tente usá-las em frases e histórias. Usar o vocabulário muitas vezes faz você aprender mais.

Se tiver curiosidade, procure mais coisas relacionadas ao Halloween. A Internet está cheia de material disponível ao alcance do seu dedo. Lembre-se de que a curiosidade é um dos fatores principais do aprendizado.

Boa sorte, boa diversão e Happy Halloween!

Até a próxima,

Carlos

IMG_8769IMG_8770 IMG_8772

Dica 594 – Pratique o Second Conditional com “The Big Bang Theory”

junho 19, 2014

Eu adoro assistir a seriados de TV. Além de me divertir, é sempre uma oportunidade de ouvir mais inglês e de aprender coisas novas. Como nunca consigo me desligar do fato de ser professor, sempre acabo achando uma cena para usar no ensino de inglês. E foi assim que achei essa cena do seriado “The Big Bang Theory” onde aparece o second conditional.

Montei esse vídeo com a cena e uma pequena prática da estrutura. Dá para você se divertir e treinar o seu inglês um pouquinho:

Assista a seriados em inglês sem legenda. Quanto mais você assistir, mais o seu inglês vai melhorar. Entender é uma questão de treino. Quando mais você treinar, melhor você vai entender.

Nessa cena eu coloquei a legenda, pois o meu objetivo era praticar a estrutura gramatical. No entanto, para você entender o episódio, você não precisa da legenda. Tem gente que me diz que quando coloca a legenda em inglês consegue entender mais. Isso acontece, porque você está lendo. Você está praticando a leitura e não a audição. Para você melhorar a sua compreensão auditiva, o melhor é ouvir apenas. Assim você vai aprender a ouvir cada vez melhor.

Continue praticando e até mais,

Carlos

 

 

 

 

Dica 592 – Vá atrás das coisas

junho 6, 2014

Um dia desses um aluno trouxe uma lição de casa com um exercício em branco. Me disse: “Eu não fiz esse exercício porque não sabia o que significava uma palavra.” E aí? Você vai parar cada vez que não souber alguma coisa?

Você tem um dicionário em casa? Sabia que todos os bons dicionários têm definições e exemplos de frases com as palavras? É fácil de usar e descobrir o significado das palavras. Basta querer!

Sabia que existem muitos dicionários online? Basta procurar, ler as definições das palavras, procurar exemplos até conseguir entender. Sim, dá um pouquinho de trabalho, mas é assim que a gente aprende. Você precisa querer e ir atrás.

Se você quer aprender alguma coisa, faça algo! Mexa-se! Vá atrás das coisas! Ficar parado esperando ou simplesmente desistir diante de um obstáculo não vai levá-lo a lugar nenhum. Na sua vida pessoal e profissional, muitas vezes você vai se deparar com palavras que não conhece. E você vai precisar descobrir o significado dessas palavras. Não vai sempre ter alguém disponível para ensinar para você. Um dos objetivos do ensino é ensinar o aluno a ser independente e fazer as coisas sozinho. Então, mãos à obra. Pode começar já.

Depois que eu publiquei o livro “Você Consegue Aprender o Que Quiser” sempre me perguntam se realmente qualquer pessoa consegue aprender o que quiser. Eu digo que sim, mas tem que querer de verdade. Se você quer, mas não faz nada por isso, então você não está querendo tanto assim. Tem que querer e fazer algo por isso. Mais uma vez, o segredo é a sua atitude.

Se você vai fazer um exercício e não sabe uma palavra, procure o significado e faça o exercício! Além de praticar o inglês, você tem a chance de aprender uma palavra nova.

Pense nisso e vá atrás do que quer. Você consegue, sim!

Até a próxima,

Carlos