Posts Tagged ‘estrutura’

Dica 594 – Pratique o Second Conditional com “The Big Bang Theory”

junho 19, 2014

Eu adoro assistir a seriados de TV. Além de me divertir, é sempre uma oportunidade de ouvir mais inglês e de aprender coisas novas. Como nunca consigo me desligar do fato de ser professor, sempre acabo achando uma cena para usar no ensino de inglês. E foi assim que achei essa cena do seriado “The Big Bang Theory” onde aparece o second conditional.

Montei esse vídeo com a cena e uma pequena prática da estrutura. Dá para você se divertir e treinar o seu inglês um pouquinho:

Assista a seriados em inglês sem legenda. Quanto mais você assistir, mais o seu inglês vai melhorar. Entender é uma questão de treino. Quando mais você treinar, melhor você vai entender.

Nessa cena eu coloquei a legenda, pois o meu objetivo era praticar a estrutura gramatical. No entanto, para você entender o episódio, você não precisa da legenda. Tem gente que me diz que quando coloca a legenda em inglês consegue entender mais. Isso acontece, porque você está lendo. Você está praticando a leitura e não a audição. Para você melhorar a sua compreensão auditiva, o melhor é ouvir apenas. Assim você vai aprender a ouvir cada vez melhor.

Continue praticando e até mais,

Carlos

 

 

 

 

Anúncios

Dica 571 – Uma ótima música para praticar o futuro com going to

outubro 1, 2013

Eu gosto muito de usar músicas para estimular o aprendizado de inglês, como você já deve ter percebido. Uma das coisas que gosto de fazer é pedir para os meus alunos acharem músicas das quais eles gostem com o ponto gramatical que estamos estudando. Muitas vezes eu levo uma música para a aula, mas que é do meu agrado ou alguma de que eu me lembrei quando preparava a aula. Nem sempre é uma música que os alunos curtem. Por isso, deixar que eles sugiram as músicas é uma boa ideia. Isso faz os alunos se envolverem mais com a aula. E isso também faz com que eles pensem um pouco sobre o que estamos estudando.

Numa das minhas últimas aulas para um dos meus grupos, eu estava trabalhando com o futuro com going to e perguntei se alguém conhecia alguma música onde essa estrutura aparecia. Na hora ninguém se lembrou de nada, mas na aula seguinte algumas alunas trouxeram essa sugestão: a música One way or another do grupo One Direction. Eu não conhecia a música, mas realmente é muito boa para treinar going to, principalmente por apresentar a combinação dessa estrutura com vários verbos diferentes e por dar a oportunidade de praticar bastante a pronúncia – going to se pronuncia gonna.

Veja o clipe com a letra na tela e cante junto:

Se você é fã do One Direction vai gostar da música com certeza. Se você não é, pode gostar dela também, pois é uma música bem gostosa, alegre e fácil de cantar.

Mas também se não gostar, pode procurar outra música com going to. Se achar uma do seu agrado, cante, divirta-se e pratique o seu inglês. E não esqueça de me contar depois. Eu conheço muitas músicas, mas há muitas outras que eu não conheço. Nem dá para a gente querer conhecer todas as músicas que existem, né?

Até a próxima,

Carlos

Dica 463 – Use a sua memória musical

maio 15, 2012

Hoje de manhã acordei cedinho e, apesar do frio, fui para a minha aula de ginástica. Eu faço ginástica à noite diariamente, mas às terças-feiras vou de manhã. Depois de vencida a preguiça de sair de casa, sempre acho que valeu a pena. Na aula de hoje o Marco, meu professor, colocou uma trilha sonora com músicas dos anos 60, em ritmo de ginástica. Todas músicas que eu ouvia na minha infância. Dentre elas havia algumas músicas que eu não ouvia há uns 40 anos. O mais incrível é que eu cantei todas as músicas – enquanto levantava pesos e fazia abdominais. Como é que eu ainda sei cantá-las?

Outro dia eu estava conversando com a minha amiga Heloisa Gouveia, e ela me contou que o pai dela, que já tem uma idade avançada, às vezes tem alguns lapsos de memória, mas nunca esquece de uma música. Dependendo da conversa que ele está tendo, ele se lembra de uma música e começa a cantar. E ela estava justamente discutindo comigo sobre como a música fica na nossa memória e parece que não sai mais. Nós não sabemos a explicação científica, mas deve ser algo a ver com o lado do cérebro onde a música fica armazenada.

Alguns dias depois, por coincidência, a Helô veio me contar que estava entrevistando uma candidata a aluna na escola, quando a moça contou que era médica e que trabalhava justamente com essa área. E ela ficou de mandar para a Helô algumas informações sobre o assunto. Nós estamos aguardando para ler e entender mais sobre como isso funciona.

Pesquisando na Internet, achei esse artigo interessante que fala sobre a memória musical, intitulado “Memória musical não se perde com amnésia, mostram cientistas”. Vejam:

http://www.correiodoestado.com.br/noticias/memoria-musical-nao-se-perde-com-amnesia-mostram-cientistas_132979/

O fato é que a música realmente fica na nossa memória. Por isso é tão bom usar músicas para aprender inglês. Embora eu não ache que você vá aprender inglês só com músicas, o fato é que ouvir e cantar muito em inglês ajuda muito o seu aprendizado. De tanto você cantar, as palavras e estruturas vão ficando na sua cabeça e quando você precisa elas vêm à sua mente e saem da sua boca.

Por isso cante – e muito! Mas atenção: você precisa cantar corretamente. Se você aprende a cantar errado, você vai gravar as palavras erradas e vai ser muito difícil de corrigir depois. A memória musical é forte também para gravar os erros. Cante, mas acompanhe com a letra e procure pronunciar bem todas as palavras. Depois que você aprender a letra, aí sim tente cantar sem ler.

Cantar é gostoso e faz bem para a mente. E outra vantagem é que você pode escolher qualquer tipo de música de que você goste. O importante é ser em inglês.

Use a sua memória musical em benefício do seu inglês!

Até mais,

Carlos