Posts Tagged ‘george’

Dica 556 – Cante “Reality Hits You Hard, Bro”

julho 4, 2013

Eu recebi esses vídeos da minha ex-aluna e hoje professora de inglês, Marli Herrera. São muito divertidos. Tenho certeza que você vai adorar.

No primeiro vídeo, George Lindell dá uma entrevista para a televisão, contando sobre o acidente de carro que sofreu, derrubado um poste de eletricidade e causando choques e raios. O acidente, que poderia ter tido consequências trágicas, fica super engraçado pela sua maneira de contar. Assista:

De tão engraçada que a entrevista ficou, ela foi transformada numa música sensacional e engraçadíssima, “Reality Hits You Hard, Bro”. Assista e divirta-se:

Aí está uma música diferente para você cantar, se divertir e praticar o seu inglês.

Cada vez mais eu me surpreendo com a criatividade das pessoas e as coisas novas que vemos a cada dia no youtube. Ainda bem que temos este canal para divulgarmos as coisas que criamos. E ainda bem que saber inglês nos ajuda a curtir melhor tudo o que está disponível online.

E se você ainda não consegue entender bastante, tenha paciência. Com esforço e determinação, você também chega lá.

Obrigado, Marli, pela dica!

Até mais,

Carlos

Anúncios

Dica 482 – Lições de George Clooney e Lílian

julho 25, 2012

Eu já escrevi diversas vezes sobre a importância de errar para aprender, mas é um assunto sempre importante, pois muita gente ainda considera o erro como uma coisa negativa.

Nessa semana, caiu nas minhas mãos um exemplar antigo – de 2005 –  da revista Seleções. Nele há uma matéria muito interessante sobre o George Clooney, em que ele fala da sua vida e da sua carreira. Quando fala sobre o filme “Batman & Robin“, George diz que o filme foi ruim, e que ele se deu muito mal com ele. Recebeu muitas críticas – algumas consideradas injustas por ele. No entanto, diz ele, isso foi muito bom para a sua carreira, pois ele aprendeu muitas lições importantes de como fazer um filme e de como escolher um papel. George Clooney diz: “Precisei deBatman & Robinpara chegar aonde estou.” E ele conclui com essa frase: “Se o fracasso é inevitável, aprendo com ele.

Passando as férias com a minha família na praia, a Cris, minha mulher, resolveu aprender a patinar, usando os patins da nossa filha Bruna. Fomos para uma praça no centro da cidade, onde ela colocou os patins, e fomos andando por cerca de 15o metros apoiando os seus braços, eu de um lado e a Bruna do outro, para que ela conseguisse se equilibrar. Não se sentindo segura sobre os patins, a Cris sentou-se num banco, tirou os patins e considerou a primeira lição encerrada.

Algumas horas depois, contando essa história para a nossa prima Lílian e dizendo que nós ficamos segurando a Cris para ela não cair, a Lílian se vira para nós e diz: “Mas se ela não cair, nunca vai aprender a andar de patins. Ela precisa cair para aprender.

Quando eu disse para a Lílian que ia escrever a frase dela no meu blog, ela me olhou meio incrédula e disse: “Mas o que eu disse não tem nada de filosófico.” Para ela é simplesmente óbvio que a gente só aprende errando. O erro é fundamental para aprendermos.

Você precisa errar para aprender. O erro é uma parte importante do aprendizado!

Para aprender inglês, você precisa falar errado. E o seu erro, e as correções que você vai ouvir e as confusões que você vai fazer, é que vão fazer você aprender corretamente. Isso também não é nada filosófico. É apenas o óbvio. Mas nós não pensamos assim. E por isso temos dificuldade de aprender.

Queremos sempre nos sentir seguros, mas é a insegurança que nos faz aprender mais. É ela que nos move para a frente.

Não tenha medo de errar ao falar inglês. E nem tenha vergonha de ter errado. Com o tempo você vai aprender. É só insistir! Logo a Cris já estará andando de patins e poderá confirmar para nós!

Até a próxima,

Carlos