Posts Tagged ‘gramatica’

Dica 594 – Pratique o Second Conditional com “The Big Bang Theory”

junho 19, 2014

Eu adoro assistir a seriados de TV. Além de me divertir, é sempre uma oportunidade de ouvir mais inglês e de aprender coisas novas. Como nunca consigo me desligar do fato de ser professor, sempre acabo achando uma cena para usar no ensino de inglês. E foi assim que achei essa cena do seriado “The Big Bang Theory” onde aparece o second conditional.

Montei esse vídeo com a cena e uma pequena prática da estrutura. Dá para você se divertir e treinar o seu inglês um pouquinho:

Assista a seriados em inglês sem legenda. Quanto mais você assistir, mais o seu inglês vai melhorar. Entender é uma questão de treino. Quando mais você treinar, melhor você vai entender.

Nessa cena eu coloquei a legenda, pois o meu objetivo era praticar a estrutura gramatical. No entanto, para você entender o episódio, você não precisa da legenda. Tem gente que me diz que quando coloca a legenda em inglês consegue entender mais. Isso acontece, porque você está lendo. Você está praticando a leitura e não a audição. Para você melhorar a sua compreensão auditiva, o melhor é ouvir apenas. Assim você vai aprender a ouvir cada vez melhor.

Continue praticando e até mais,

Carlos

 

 

 

 

Anúncios

Dica 593 – Cante “Let It Go”

junho 7, 2014

Uma das perguntas que eu mais recebo é sobre indicações de músicas para cantar em inglês. Assim como eu, muita gente gosta de cantar em inglês e sabe que cantar ajuda muito a aprender. Cantar ajudar a melhorar a pronúncia, ajuda a aprender a juntar as palavras, ajuda a gravar palavras e expressões. Cantar ajuda a aprender gramática, pois a gente repete tantas vezes a mesma coisa que aquilo fica gravado na nossa cabeça. Quando vamos falar, as frases saem naturalmente da nossa boca.

No meu livro “Aprenda Inglês Cantando e Aprenda a Cantar em Inglês” há muitas dicas de como usar músicas para aprender inglês, e dicas de como encontrar músicas que o ajudem a praticar conteúdos específicos do inglês, como tempos verbais, por exemplo.

A dica de hoje é a música “Let It Go”, tema do filme “Frozen”. Para quem não sabe, o filme “Frozen” ganhou o Oscar de melhor animação deste ano. Além disso,  já é o quinto maior sucesso de bilheteria de todos os tempos, um fato incrível já que se trata de um desenho animado. E merece, pois o filme é realmente lindo e a história maravilhosa. Se você ainda não o assistiu, assista. Em inglês, sem legenda!

A música “Let It Go” também ganhou o Oscar de melhor música deste ano. Cantada pela maravilhosa Idina Menzel, uma famosa atriz e cantora da Brodaway, a música é muito bonita mesmo.

Aí está o video com a letra para você aprender a cantar.

Cantar em inglês é divertido e faz bem para o seu inglês. Não precisa ter voz boa, nem ser super afinado. O objetivo não é você ser um cantor, mas cantar por prazer. E de quebra melhorar o seu inglês!

Divirta-se a até a próxima,

Carlos

Dica 573 – A música “What does the fox say” – sugestão do Pedro

outubro 10, 2013

Hoje enquanto eu trabalhava, meu filho Pedro chegou e me perguntou:

“Papai, você precisa de uma música que fale os sons que os animais fazem e ainda tenha goes, says e outros verbos?”

E me mostrou um video de youtube. Enquanto eu via o vídeo ele me disse:

“Essa música é legal também porque tem ‘What does the fox say?” e “The fox says…” e dá para mostrar a diferença da pergunta e da resposta.”

Como deu para você ver, filho de peixe…

Aí está o vídeo com a música e a letra:

Realmente, o Pedro tem razão. A música é ótima, pois é divertida e tem bastante vocabulário que você normalmente não aprende na escola, como os sons que os animais fazem. Não é legal aprender isso? E também dá para praticar a gramática com os verbos na terceira pessoa do singular. Como eu costumo dizer, quando a gente aprende se divertindo, aprende muito mais.

Obrigado ao meu amado filho Pedro pela dica!

Se você tiver alguma dica legal, pode me mandar também. Será um prazer publicá-la e dar o crédito a você.

Até mais,

Carlos

 

Dica 572 – Vá atrás das coisas

outubro 2, 2013

Eu ainda me impressiono muito com a quantidade de pessoas que espera que as coisas venham até elas de mão beijada.  E não vão atrás do que querem. Hoje em dia, com tanta facilidade para conseguirmos tudo o que quisermos, não dá para ficarmos sentados esperando as coisas virem até nós. Se você quer alguma coisa, mexa-se!

Quer aprender inglês? Quer aprender mesmo? Vá atrás do seu objetivo. Faça alguma coisa por você mesmo!

Eu vejo alunos que ouvem uma palavra nova na sala de aula, por exemplo. Eles não entendem a palavra e deixam por isso mesmo. Quantas vezes um aluno vem me dizer que não fez um determinado exercício da lição de casa por que havia uma palavra que ele não tinha entendido. E por que não procurou? Há tantos dicionários por aí! Há dicionários online de todos os tipos. Se você digitar a palavra no google images, por exemplo, consegue ver a imagem da palavra. Dizem que uma imagem vale mais do que mil palavras. Ao digitar a palavra no google images aparecem centenas de imagens. Se cada uma vale por mil palavras, imagina quantas ilustrações da mesma palavra você pode ter! Você só não visualiza se não quiser.

Há muitos dicionários impressos e online. Cada dicionário tem definições e exemplos com as palavras. Se você não entender a explicação de um deles, procure em outro. Lendo muitas definições e muitos exemplos, uma hora a ficha cai e você entende.

Não entendeu um determinado ponto gramatical? Se estuda em uma escola, peça uma ajuda ao seu professor. Peça para ele explicar de novo. Peça novos exemplos. Peça a ele para indicar um livro para fazer exercícios extras de gramática. Encontre o livro e estude, pratique, até aprender. Se achar que ainda não entendeu, estude e pratique mais um pouco. É do seu interesse. Se você estuda por conta própria, vá atrás de exercícios. Ter um livro de gramática é importante também. Faça exercícios online. Faça alguma coisa!

Eu costumo dizer aos meus alunos que coloco a bola na frente deles, mas quem tem que chutá-la são eles mesmos. Se errarem o gol, precisam repetir centenas de vezes, que as chances de acerto vão aumentando. Não adianta querer que a bola se mexa sozinha. Isso não acontece.

Se você prestar atenção à sua volta, vai ver que as pessoas que se saem melhor em qualquer coisa são aquelas que fazem algo para que isso aconteça. A diferença entre aprender ou não é tentar, se esforçar. Aquela velha frase que diz que é “1% de inspiração e 99% de transpiração” é a mais pura verdade.

Eu sou muito criativo e tenho muitas ideias ótimas, mas se eu não sentar e escrevê-las, elas não saem por conta própria. Não adianta ter uma ideia maravilhosa se a ideia fica dentro da sua cabeça. Para escrever um post no blog, por exemplo, eu fico um tempão na frente do computador. Escrevo, corrijo, escrevo novamente e esse processo continua até que me dou por satisfeito.

Para aprender a cantar uma música nova, passo dias e dias ouvindo só aquela música e cantando sem parar, até conseguir cantá-la por inteiro. É um processo longo, mas que dá resultado. E é assim com tudo.

Como professor, acho que a minha função principal não é ensinar inglês. Mais importante do que isso, é ensinar as pessoas a se virarem sozinhas, a ir atrás das coisas, pois é só assim que elas vão aprender de verdade. Afinal, elas não vão ser alunas a vida inteira. A ideia é justamente treiná-las a serem independentes.

Não adianta chorar e dizer, “Eu não entendo isso.” O que você vai fazer para entender? Vá atrás, descubra, experimente, mexa-se! Você é capaz, sim! Depende do seu esforço e da sua vontade!

Até mais,

Carlos

Dica 549 – Saiu o livro “Aprenda Inglês Cantando e Aprenda a Cantar em Inglês”

maio 10, 2013

É com  muito prazer que anuncio o lançamento do meu novo livro “Aprenda Inglês Cantando e  Aprenda a Cantar em Inglês”.

Eu recebo muitas perguntas sobre dicas de como aprender inglês com músicas e até perguntas de pessoas que não querem necessariamente aprender inglês, mas que querem aprender a cantar bem em inglês. Daí surgiu a ideia desse livro que tem muitas dicas que servem para todos.

Além de sugerir algumas músicas ótimas para se aprender inglês, o livro ensina como você pode achar músicas de que você goste e que ajudem você a aprender inglês. Música é um gosto muito pessoal, e você não precisa necessariamente gostar das músicas que eu gosto. Você pode montar o seu próprio repertório musical, se divertir e aprender inglês. O livro ensina como fazer isso.

Além das dicas de músicas, há dicas de como pronunciar as palavras corretamente em inglês, pois as músicas podem ajudar – e muito – a melhorar a sua pronúncia. A minha co-autora, Cris Gontow, tem muita experiência na área de pronúncia e selecionou muitos exemplos de músicas para trabalhar aspectos diferentes da pronúncia em inglês.

O livro estará em breve em todas as livrarias, mas você já pode comprá-lo no site da DISAL, que está fazendo uma grande promoção de lançamento, com um super desconto. E se você comprar, o livro é entregue na sua casa. Veja no link abaixo:

http://www.disal.com.br/produtos/servidor/439/index.html

Espero que você goste do livro, se divirta, aprenda inglês e solte a voz!

Capa do Livro Novo 1

Até mais,

Carlos

Dica 547 – Pratique Passive Voice assistindo a cenas de seriados

abril 27, 2013

Aqui está um vídeo que eu montei com cenas de programas de TV onde se usa Passive Voice. É uma boa chance de você assistir e praticar um pouquinho essa estrutura.

Eu não tenho muito tempo de ficar procurando cenas para usar como exemplo, e a maioria das cenas que eu encontro são coisas que eu noto quando estou assistindo a filmes e aos meus seriados favoritos. Eu vou anotando e montando uma coleção de cenas. Deve haver muitas outras cenas legais por aí, que eu não conheço porque não assisti. Se você descobrir alguma, pode me avisar que eu vou adorar!

Eu costumo dizer que é importante mantermos os nossos ouvidos sempre atentos e os nossos olhos sempre abertos. Se você prestar atenção às coisas que assiste, vai começar a notar muitas das estruturas e do vocabulário que você aprende quando está estudando inglês. E ver e ouvir essas coisas sendo ditas fora do contexto da sala de aula é muito importante para você ver como as coisas são usadas num contexto real.

Fique ligado no que você vê por aí. Isso vai ajudar você a estar sempre aprimorando o seu inglês.

Até a próxima,

Carlos

Dica 543 – Uma ótima música para praticar o Second Conditional

abril 5, 2013

No episódio do seriado “Smash” que foi ao ar essa semana nos Estados Unidos, a maravilhosa atriz da Broadway Bernadette Peters contracenou com a ótima Megan Hilty, uma das estrelas do seriado.

Em “Smash”, elas estão ensaiando o musical “Bombshell”, onde Megan Hilty faz o papel de Marilyn Monroe e Bernadette Peters faz a sua mãe. Detalhe: no seriado as personagens também são mãe e filha. E há bastante conflito entre as mães e filhas na história e no musical.

Nesta cena, as duas cantam juntas a música “Hang the Moon”. A música é linda, mas como você já sabe, eu não consigo ouvir uma música sem pensar: “Olha aí o Second Conditional”. Então aí vai o vídeo da música com a letra. Assim você pode cantar essa música que é realmente bonita e emocionante, e praticar um pouco o seu inglês.

Há muitas músicas por aí com o Second Conditional, e eu mesmo já postei várias aqui. Tem bastante material para você escolher e se divertir. Eu adoro musicais e amo esse tipo de música. Se você gosta de outro tipo de música, procure alguma do seu agrado. Há músicas para todos os gostos.

Mas antes, tente ouvir essa, pois realmente vale a pena!

Até mais,

Carlos