Posts Tagged ‘letra’

Dica 622 – “One” do U2 – Boa música para praticar perguntas em inglês

setembro 17, 2015

Hoje eu estava correndo na esteira da academia e ouvindo música como sempre faço. Além de curtir as músicas fico pensando em como usá-las para ensinar inglês. É, eu sou assim mesmo. Não desligo nunca.

Lá pelas tantas, ouvi a música “One” do U2 e me dei conta de que ela é ótima para praticar perguntas em inglês. A letra tem muitas perguntas, em vários tempos verbais, e cantá-la ajuda a aprender, praticar e lembrar de como formar perguntas em inglês.

Quando cantamos, repetimos as mesmas frases muitas e muitas vezes, e as frases acabam ficando gravadas na nossa cabeça. Mais tarde, quando vamos falar em inglês, muitas dessas frases saem da nossa boca e nem sabemos porque.

Aqui estão as perguntas que aparecem na música:

Present Continuous:

Is it getting better?

Simple Present:

Do you feel the same?

Future:

Will it make it easier on you now you got someone to blame?

Simple Past:

Did I disappoint you or leave a bad taste in your mouth?

Did I ask too much?

Present Perfect:

Have you come here for forgiveness?

Have you come to raise the dead?

Have you come here to play Jesus to the lepers in your head?

Experimente cantar a música. Além de aprender inglês você vai se divertir. Aqui está o link para o vídeo com a letra. Se não conseguir visualizar – algumas pessoas me escrevem que não conseguem ver os videos – é só entrar no youtube e escrever “One u2 lyrics” e você acha o vídeo – aliás, vários deles. Cuidado, pois a letra nem sempre está 100% correta.

 

Depois de praticar bastante, experimente a versão em karaoke, para você cantar sozinho. Se o vídeo não abrir, procure no youtube “u2 one karaoke”.

Depois de se divertir cantando a música original, você pode brincar com a letra. Que tal inventar outras perguntas usando os mesmos tempos verbais? Ao invés de “Is it getting better?” você pode cantar “Is it getting hotter?”, “Is it getting worse?”, “Is it getting bigger?” ou qualquer coisa que quiser.

Ao invés de “Did I ask too much?” que tal cantar “Did I eat too much?”, “Did I sleep too much?”, “Did I sing too much?”, etc.

Use a sua imaginação, divirta-se, solte a voz, e o melhor de tudo, aprenda inglês também.

Até a próxima,

Carlos

Anúncios

Dica 612 – Cante e aprenda inglês, com o “Karaoke Channel”

março 14, 2015

As pessoas vivem me perguntando que músicas são boas para aprender inglês. E como sempre, eu digo que é uma escolha muito pessoal. As pessoas têm gostos diferentes. As músicas que eu gosto podem não ser do seu agrado. Por isso, eu mais uma vez insisto que se você cantar as músicas que você gosta, vai se divertir e praticar bastante o seu inglês.

No livro “Aprenda Inglês Cantando e Aprenda a Cantar em Inglês”, eu e a Cris damos muitas dicas de como aprender inglês com música. E embora o livro dê exemplos com várias músicas, o que eu acho mais legal no livro é que ele ensina como você pode encontrar músicas que você goste e que auxiliem no aprendizado de pontos gramaticais ou até na pronúncia de determinados sons em inglês.

Cantar é sempre bom, e mesmo que você não esteja pensando especificamente em cantar para aprender inglês, só o fato de você cantar em inglês para se divertir, e de ficar repetindo a mesma música até aprender, vai acabar fazendo você melhorar o seu inglês… brincando.

Nesse sentido vale à pena conhecer o Karaoke Channel, no youtube.

https://www.youtube.com/channel/UCPhsF4E-vChQBEF4Zl9hvqw

Eu já falei sobre ele na Dica 505 (https://dicasingles.wordpress.com/2012/10/23/dica-505-the-karaoke-channel/), mas é sempre bom relembrar. Esse canal tem uma coleção enorme de vídeos de karaokê, para você cantar e se divertir. Uma coisa muito bacana do canal é que muitas das músicas têm duas versões, uma com a voz de um cantor – não o cantor original – e outra sem a voz do cantor. Você pode ouvir a versão com a voz do cantor muitas vezes até aprender, e depois tentar cantar a versão em karaokê.

Aqui estão só alguns exemplos de vídeos.

“Imagine”, de John Lennon, com a voz, para você aprender:

 

“Imagine”, em versão karaoke, para você cantar:

 

“Baby I Love You”, de Jennifer Lopes, com a voz, para você aprender:

 

“Baby I Love You”, em versão karaoke, para você cantar:

 

“I Will Survive”, de Gloria Gaynor, com a voz, para você aprender:

 

“I Will Survive”, em versão karaoke, para você cantar:

 

Procure no canal e com certeza você vai achar músicas que você goste.

Eu recomendo que antes de você começar a cantar ouça muitas vezes a música, prestando bastante atenção à pronúncia das palavras e tentando associar as palavras escritas aos sons. Depois comece a cantar e quando estiver mais firme, passe para a versão em karaokê. Aprender uma música dá trabalho. Você precisa cantar muitas e muitas vezes até conseguir. Às vezes a gente acha que é difícil, e que não vai conseguir. Vai conseguir, sim. Se você não conseguir, é porque desistiu antes.

Existem aplicativos que permitem que você baixe vídeos do youtube no seu computador. Você pode baixar as suas músicas favoritas e depois brincar de karaokê. Pode até convidar os amigos e fazer uma noite de karaokê na sua casa. Que tal? Podem até combinar que nesse dia só vão falar em inglês. Será pura diversão!

Cante, divirta-se e aprenda inglês!

Até a próxima,

Carlos

 

Dica 610 – Cante “Red Solo Cup” e aprenda a falar inglês melhor

fevereiro 19, 2015

Eu já falei diversas vezes que músicas ajudam muito a aprender inglês. Eu até já publiquei o livro “Aprenda Inglês Cantando e Aprenda a Cantar em Inglês” com dicas de como aprender inglês com música.

Quando você canta em inglês, você aprende a juntar as palavras, coisa que às vezes é difícil quando você está falando. Na música você precisa seguir o ritmo e cantar sem ficar parando entre uma palavra e outra. Além de ajudar na fluência, cantar faz você repetir muitas e muitas vezes as mesmas frases. Essas frases vão ficando na sua cabeça e vão formando o seu repertório linguístico. Um dia, sem perceber, você usa uma dessas frases numa conversa. É muito legal quando isso acontece!

Hoje eu estava correndo na esteira na academia e, como sempre, ouvindo músicas e cantando junto. Foi quando me dei conta que a música “Red Solo Cup”, que foi cantada no oitavo episódio da terceira temporada de “Glee”, é muito mais falada do que cantada. Cantar (ou no caso, falar) essa música, além de ser divertido – afinal, é uma música sobre um copinho descartável – pode ajudar muito o seu inglês. Experimente!

Há muitas músicas que tem partes faladas no meio e elas podem ajudar bastante a desenvolver o seu inglês. Procure outras de que você goste, pratique e divirta-se!

Não é fácil decorar uma música inteira. Às vezes pode levar vários dias. Hoje, enquanto eu corri por cerca de 40 minutos na esteira, eu fiquei repetindo sempre a mesma música, e ainda não consigo cantar inteirinha. É um exercício de paciência e determinação, mas quando você consegue cantar a música inteira, que alegria!

Só como curiosidade, quase todas as músicas de “Glee” são regravações de outras músicas. Aqui está o vídeo da música original com Toby Keith para você conhecer e cantar junto:

Até mais,

Carlos

Dica 586 – Você não entende as letras das músicas? Então você é normal!

março 27, 2014

Todo mundo que me escreve ou fala comigo reclama que não consegue entender as letras das músicas. Se você tem este problema, a boa notícia é que você é absolutamente normal!

É difícil entender todas as palavras de um música. E isso até para pessoas que são fluentes em inglês. Até os nativos não conseguem entender todas as palavras de uma música. Eu já tive essa experiência quando não conseguia entender um trecho de uma música e perguntei a vários nativos e nenhum deles conseguiu entender.

Vejam esse vídeo que o meu amigo Mauro Ajaj Sayeg compartilhou no facebook hoje. É um trecho do “The Tonight Show”, que agora é apresentado por Jimmy Fallon. Nesse trecho, eles pedem quem as pessoas tuítem trechos de músicas que cantam errado. E dão risada dos seus próprios erros.

Como você pode ver, nem os nativos entendem tudo e cantam errado. Só que quando eles erram, eles não ficam se martirizando por não saber inglês. Eles sabem inglês, mas não entenderam uma parte da música. Se para eles não há problema nisso, por que deveria haver para você? Não entender o que é cantado não significa que o seu inglês é ruim.

Pense nas músicas em português que você canta ou já cantou errado. Pense em pessoas que você conhece que cantam músicas erradas. Nós somos nativos em português e também não entendemos tudo. (Eu já escrevi outras dicas falando nisso. Dê uma olhada no blog.)

Eu sempre aconselho que quando estamos aprendendo a cantar uma música nova devemos ler a letra junto, pois assim garantimos que vamos aprender a cantar corretamente. Muitas vezes nós cantamos e achamos que está certo, e nem nos damos conta de que estamos cantando errado. E gravando a letra errada na nossa cabeça, vamos cantar errado para sempre, pois a palavra não sai mais da nossa memória.

Cante em inglês, pois é divertido e ajuda a melhorar o seu inglês. E relaxe se não entender! É normal e não há problema nenhum

Até mais,

Carlos

Dica 574 – Happy Halloween!

outubro 31, 2013

Hoje é Halloween, um dos meus dias  favoritos no ano. E um dos momentos que temos para aprender inglês e um pouco de cultura americana.

Eu já escrevi outros posts sobre o Halloween, que você pode olhar lá para trás no blog. Você pode também achar bastante informação online. É interessante conhecer a história desta festa e a maneira como ela é comemorada.

Para celebrar esse dia, aqui vão duas músicas para você aprender a cantar:

The Monster Mash:

A música abaixo é do filme “The Rocky Horror Picture Show”, a versão filmada do musical “The Rocky Horror Show”, um dos meus musicais favoritos. Um musical que tem tudo a ver com o Halloween. A primeira cena é cena original do filme.

The Time Warp:

E aqui a letra da música, para você cantar junto.

The Time Warp (Lyrics):

Depois de aprender a cantar, você pode assistir à cena do filme e cantar e dançar junto. Sabia que as pessoas que assistem a esse musical no teatro costumam ir  vestidas como as personagens? Elas falam as falas junto com as personagens e se levantam para cantar e dançar junto. É uma festa! Eu ainda não tive a oportunidade de assistir à peça no teatro, mas quem sabe um dia… Aliás, se você assistir ao filme “Fame” (a versão original, de 1980) vai ver uma cena em que as personagens vão ao teatro assistir a “The Rocky Horror Show”. E aparece o público fantasiado, falando, cantando e dançando. Muito divertido!

Depois de aprender essas músicas, divirta-se com elas. Que tal reunir os amigos e a família e cantar juntos? O Halloween é uma grande diversão, e aprender inglês se divertindo é sempre bom.

Happy Halloween!

CarlosIMG_5497

Dica 541 – Cante “I’m Alive”

abril 2, 2013

Uma das melhores coisas que eu vi recentemente foi o musical “Quase Normal”, que está em cartaz em São Paulo no momento. O musical original “Next to Normal” foi sucesso na Broadway e foi no vencedor do prêmio Pulitzer de 2010. Além disso, foi indicado ao Tony Awards, o prêmio dado às melhores peças da Broadway. Não venceu, mas ficou entre os cinco melhores, o que é um grande feito. Um musical imperdível.

Eu já falei sobre esse musical maravilhoso na dica 537. E ultimamente a trilha sonora original desse musical é o que escuto sem parar a toda hora. É uma mania que eu tenho: ficar ouvindo as mesmas músicas até aprender, o que aliás, é uma boa maneira de aprender inglês, como eu já disse muitas vezes.

Aqui vai uma das músicas de “Next to Normal”, para você se divertir e praticar o seu inglês. É a música “I’m Alive”, cantada pelo personagem Gabe:

Depois de você praticar bastante, tente cantar a versão em karaoke. Solte a voz e divirta-se:

Cantar é muito bom para aprender inglês. Eu gosto muito dessa música. Se você gostou, aproveite. Se não gostou, procure qualquer música que você goste. O resultado é o mesmo! Você vai se divertir e o seu inglês vai melhorar.

Até mais,

Carlos

Dica 523 – Comemore o Natal Cantando em Inglês – 3

dezembro 22, 2012

O Natal já está aí! Mais alguns dias apenas. E quantas músicas de Natal você já sabe cantar em inglês? Lembre-se de que cantar faz bem para o espírito. Você não precisa ser um grande cantor – a  não ser que queira ser cantor profisional. É só cantar para se divertir. E para de quebra, aprender mais inglês!

A música White Christmas é uma das mais tradicionais do Natal. Você sabe cantá-la em inglês? Se já conhece a melodia, meio caminho  já está andado. Agora falta só aprender a letra. No Brasil, onde o Natal cai no verão, o sonho de um um white Christmas é impossível, mas vale a pena cantar e se emocionar com essa música tão conhecida.

Esse vídeo é da versão que foi ao ar no episódio de Natal de Glee:

E aqui vai a música com  a letra, para você cantar junto:

A música é lenta e fácil de cantar. E fácil de lembrar depois. Portanto, pode começar a praticar que até o Natal você vai estar craque.

Alegre a sua festa de familia e alegre a si mesmo, com benefícios para o seu inglês!

Até mais,

Carlos

Dica 505 – The karaoke channel

outubro 23, 2012

Aí vai mais uma dica para quem gosta de cantar e quer aprender inglês com música. É o Karaoke Channel (http://www.thekaraokechannel.com/). Ele oferece uma grande variedade de músicas em karaoke para você cantar e de quebra treinar o seu inglês. O que é bacana no Karaoke Channel é que a letra da música vai mudando de cor para você saber o momento certo de cantar.

Você pode assinar o canal, pagando uma quantia todo mês e tendo acesso a uma enorme quantidade de músicas. Mas também consegue achar várias músicas no youtube de graça. Basta digitar “karaoke channel” na caixa de buscas do youtube.

Aqui vão alguns exemplos, só para você conhecer e começar a se divertir.

Yesterday (The Beatles):

Always on My Mind (Willie Nelson):

Seasons of Love (do musical “Rent”):

Agora que você já conhece, procure outras músicas das quais você goste e solte a voz. Cantar é muito gostoso e é excelente para aprender inglês!

Até a próxima,

Carlos

Dica 502 – Olhe o lado bom das coisas

setembro 28, 2012

Se você às vezes fica desanimado com o seu estudo de inglês ou com qualquer outra coisa que está fazendo, fique sabendo que você é normal. Isso acontece com todo mundo. Por mais que a gente saiba, sempre há um monte de coisas que a gente (ainda) não sabe. Nessas horas, é sempre bom você dar uma paradinha e olhar para trás. Em vez de pensar no que ainda falta aprender, pense em tudo o que já aprendeu até hoje. Você vai ver que é bastante. E que se você conseguiu chegar até aqui, vai conseguir chegar mais longe. É só seguir em frente.

Sempre há o lado bom de todas as coisas. E nós precisamos pensar positivamente. Isso nos ajuda a prosseguir. E para isso aí vai uma música maravilhosa, que faz parte do filme “A Vida de Brian” do grupo inglês Monty Python, um dos filmes mais engraçados que eu já vi na minha vida. Nesta música, o personagem Brian está sendo crucificado e um dos seus companheiros diz que mesmo nesta hora sempre há um lado bom.

Essa não é a gravação do filme, mas uma apresentação especial feita muitos anos depois. Ela tem  a letra para você cantar junto. Cante e divirta-se!

ALWAYS LOOK ON THE BRIGHT SIDE OF LIFE

Se voce não conhece o filme “A Vida de Brian”, assista pois é maravilhoso. Na cena do filme os personagens cantam pendurados nas cruzes. É hilário!

E lembre-se de que sempre existe um lado bom para tudo o que acontece com você. Por isso, não desanime. Siga adiante! E continue melhorando cada vez mais o seu inglês.

Até a próxima,

Carlos

Dica 422 – Não basta traduzir as palavras para falar em inglês

fevereiro 1, 2012

Eu já comentei diversas vezes que na minha opinião não se deve aprender inglês traduzindo as palavras. Este é um assunto controverso, e há professores de inglês que não se incomodam de traduzir. Eu, no entanto, tenho isso como convicção.

Os alunos em geral pedem a tradução de tudo o que aprendem, pois acham que esse é o método certo para aprender. Mas saber a palavra em português e o seu equivalente em inglês não garante que você saiba falar inglês. E cabe aos professores mostrar aos alunos que é muito mais efetivo aprender inglês sem a tradução.

Quando aprendemos a nossa própria língua vamos associando os objetos (ou coisas abstratas como as emoções) com as palavras. De tanto ouvirmos, as coisas começam a fazer sentido para nós até que começamos a usar as palavras naturalmente. Há muita coisa que a gente sabe, mas não sabe explicar. Há palavras que a gente usa, mas se tiver que dar a definição para alguém não consegue.

Outro dia a minha filha Bruna leu uma placa numa loja que dizia algo mais ou menos assim: “Mercadorias só poderão ser devolvidas mediante a apresentação do recibo”. Ela me perguntou o que significava “mediante”. Eu disse que não aceitavam trocar mercadorias se a pessoa não trouxesse o recibo. Ela me perguntou: “Mas o que quer dizer a palavra ‘mediante’?” Eu não sei dar um sinônimo para essa palavra. Eu sei usá-la num contexto, mas não sei defini-la com precisão.

Quando nós aprendemos inglês também funciona mais ou menos assim. A gente aprende como se dizem as coisas, mas há coisas que não sabemos explicar. E há muita coisa que a gente aprende sem saber a palavra equivalente em português.

Muita gente acha que é só pegar as palavras em português e traduzir para o inglês que estará falando ou escrevendo inglês. E acaba falando uma língua que  eu chamo de “português traduzido”. Essa língua é uma coisa que um nativo não entende.

Vejam este aviso que estava num barco onde eu fiz um passeio na Amazônia recentemente:

A pessoa que fez essa tradução traduziu palavra por palavra e escreveu algo que não é inglês. Há vários outros exemplos disso como o restaurante que escreveu “Against Grilled Steak” embaixo de “Contra filé grelhado”. Ou aquele outro que escreveu “Filet of boyfriend” embaixo de “Filé de namorado”.

A música “Ai Se eu Te Pego” de Michel Teló, sucesso mundial, agora tem a sua versão em inglês – ou algo que parece inglês mas não é. A gente até que acha engraçado e dá muita risada dos absurdos de tradução e de pronúncia, mas na verdade é triste, pois muita gente vai cantar isso no Brasil achando que está cantando em inglês. E quem não sabe inglês, acaba aprendendo errado.

Por isso eu sempre encorajo as pessoas a aprenderem inglês sem a tradução. Embora pareça mais difícil no começo, o resultado será muito melhor. E não faz mal que você saiba falar uma coisa mas não saiba como dizer isso em português. E também não faz mal que há palavras que você sabe falar em inglês mas não sabe falar em português. Isso é absolutamente normal.

Até mais,

Carlos