Posts Tagged ‘música’

Dica 624 – Boas festas, cantando em inglês

dezembro 23, 2015

Olá amigos,…

Cantar, praticar inglês e comemorar as festas de fim de ano com uma linda mensagem… tudo junto! Que mais podemos querer?

Escolhi a música “A Life That’s Good” do seriado “Nashville” pois ela fala sobre o que realmente é importante na nossa vida: ser feliz e ter o amor das pessoas que estão ao nosso lado. Acho que é uma linda mensagem para nós pensarmos não só na época do final do ano, mas durante o ano todo.

Aí vão três versões da música. A primeira é a versão original que tocou em “Nashville” cantanda pelas irmãs Lennon e Maisy Stella.

 

A LIFE THAT’S GOOD

(Se não abrir, clicle no link: https://www.youtube.com/watch?v=SvrW9XkkCGk)

 

A segunda versão é do Karaoke Channel, com os vocais, para você aprender a cantar.

(Se não abrir, clique no link: www.youtube.com/watch?v=1g6F-Ny_5z4)

 

E finalmente a versão em karaoke, para você cantar sozinho.

(Se não abrir, clique no link: https://www.youtube.com/watch?v=CvYROkHjMYQ)

 

Que tal reunir a família, ensinar a música e todos cantarem juntos na festa de Natal ou na festa de Ano Novo? Dá para se divertir, praticar o seu inglês e passar adiante essa mensagem linda!

Boas festas e continue praticando e melhorando o seu inglês no ano que vem!

Carlos

Anúncios

Dica 622 – “One” do U2 – Boa música para praticar perguntas em inglês

setembro 17, 2015

Hoje eu estava correndo na esteira da academia e ouvindo música como sempre faço. Além de curtir as músicas fico pensando em como usá-las para ensinar inglês. É, eu sou assim mesmo. Não desligo nunca.

Lá pelas tantas, ouvi a música “One” do U2 e me dei conta de que ela é ótima para praticar perguntas em inglês. A letra tem muitas perguntas, em vários tempos verbais, e cantá-la ajuda a aprender, praticar e lembrar de como formar perguntas em inglês.

Quando cantamos, repetimos as mesmas frases muitas e muitas vezes, e as frases acabam ficando gravadas na nossa cabeça. Mais tarde, quando vamos falar em inglês, muitas dessas frases saem da nossa boca e nem sabemos porque.

Aqui estão as perguntas que aparecem na música:

Present Continuous:

Is it getting better?

Simple Present:

Do you feel the same?

Future:

Will it make it easier on you now you got someone to blame?

Simple Past:

Did I disappoint you or leave a bad taste in your mouth?

Did I ask too much?

Present Perfect:

Have you come here for forgiveness?

Have you come to raise the dead?

Have you come here to play Jesus to the lepers in your head?

Experimente cantar a música. Além de aprender inglês você vai se divertir. Aqui está o link para o vídeo com a letra. Se não conseguir visualizar – algumas pessoas me escrevem que não conseguem ver os videos – é só entrar no youtube e escrever “One u2 lyrics” e você acha o vídeo – aliás, vários deles. Cuidado, pois a letra nem sempre está 100% correta.

 

Depois de praticar bastante, experimente a versão em karaoke, para você cantar sozinho. Se o vídeo não abrir, procure no youtube “u2 one karaoke”.

Depois de se divertir cantando a música original, você pode brincar com a letra. Que tal inventar outras perguntas usando os mesmos tempos verbais? Ao invés de “Is it getting better?” você pode cantar “Is it getting hotter?”, “Is it getting worse?”, “Is it getting bigger?” ou qualquer coisa que quiser.

Ao invés de “Did I ask too much?” que tal cantar “Did I eat too much?”, “Did I sleep too much?”, “Did I sing too much?”, etc.

Use a sua imaginação, divirta-se, solte a voz, e o melhor de tudo, aprenda inglês também.

Até a próxima,

Carlos

Dica 621 – Dica do James Kennedy de músicas boas para aprender inglês

agosto 16, 2015

Eu já disse muitas vezes que gosto musical é uma coisa muito pessoal. Não é porque eu acho que uma música é linda e maravilhosa que você também vai achar. E é por esse motivo que é difícil sugerir uma música boa para aprender inglês. Na realidade, todas são boas – basta você gostar da música e se esforçar para aprendê-la corretamente (Eu já escrevi dicas sobre como fazer isso).

No meu livro “Aprenda Inglês Cantando e Aprenda a Cantar em Inglês”, eu dou dicas de como achar músicas que você goste para aprender determinadas estruturas gramaticais. Isso pode ser bastante útil.

Eu recebi um comentário muito simpático aqui no blog do leitor James Kennedy, onde ele dá dicas de músicas que ele acha boas para aprender inglês. Compartilho o comentário dele com você:

“Olá. Curti muito seus conselhos, Carlos. Parabéns pelo trabalho. Eu canto em inglês há bastante tempo, e eu quero só indicar umas músicas pro pessoal que eu considero faceis de cantar. Elas são:
“Imagine” do John Lennon
“Feeling Good” do Michael Bubblé
“Skyscraper” da Demi Lovato
“Be Alright” do Justin Bieber
“Every Breaking Wave” do U2
“Demons” do Imagine Dragons
“The Scientist” do Coldplay
“Little Things” do One Direction
“Wide Awake” da Katy Perry
“Stay” da Rihanna
“Enchanted” da Taylor Swift
“Someone Like You” da Adele
“Calling All Angels” do Lenny Kravitz

Bom, é isso ai… Essas são algumas músicas que eu indico pra quem quer começar a cantar em inglês. Dentre essas ai, as primeiras que eu cantei foram a do John Lennon e a do Coldplay. Lindas e facílimas de cantar.
Isso ai.. Boa sorte, galera!

E obrigado, Carlos..🎵🎵😎”

Para quem quer cantar e não sabe por onde começar, que tal começar pela lista do James? Eu, particularmente, adoro a música “The Scientist” do Coldplay. Fiz até um vídeo onde eu a canto. Vou mostrar, mas desculpem as desafinadas… Foi o meu primeiro vídeo cantando:

Obrigado, James, pela ajuda. E quem tirar mais dicas e comentários, mande para mim, que eu publico.

Até a próxima,

Carlos

Dica 616 – Pratique a pronúncia do TH com música

maio 31, 2015

Todo mundo gosta de cantar. O que varia é o gosto pessoal de cada um. O tipo de música que você gosta pode ser diferente do tipo de música que eu gosto. De qualquer maneira, essa dica pode ser usada com qualquer música. Basta você escolher uma música de que goste e fazer o mesmo que eu fiz com essa.

Nesse vídeo eu dou um exemplo de como praticar a pronúncia do TH cantando. Eu usei a música “The Lady Is a Tramp” cantada p0r Frank Sinatra. Use essa música, ou escolha uma outra qualquer. Se você praticar bastante cantando, vai ver que quando for falar, vai acabar falando com a pronúncia correta também.

Veja o vídeo e depois mande um comentário dizendo o que achou.

Ter uma boa pronúncia exige bastante trabalho muscular. Você precisa mexer e boca e a língua da maneira correta e muitas vezes isso é diferente da maneira como se faz em português. Por isso dá trabalho. Mas com a repetição constante, o seu corpo vai se acostumando e um dia você vai fazer corretamente. O importante é a prática e a persistência.

Continue praticando, que você vai chegar lá!

Até a próxima,

Carlos

Dica 612 – Cante e aprenda inglês, com o “Karaoke Channel”

março 14, 2015

As pessoas vivem me perguntando que músicas são boas para aprender inglês. E como sempre, eu digo que é uma escolha muito pessoal. As pessoas têm gostos diferentes. As músicas que eu gosto podem não ser do seu agrado. Por isso, eu mais uma vez insisto que se você cantar as músicas que você gosta, vai se divertir e praticar bastante o seu inglês.

No livro “Aprenda Inglês Cantando e Aprenda a Cantar em Inglês”, eu e a Cris damos muitas dicas de como aprender inglês com música. E embora o livro dê exemplos com várias músicas, o que eu acho mais legal no livro é que ele ensina como você pode encontrar músicas que você goste e que auxiliem no aprendizado de pontos gramaticais ou até na pronúncia de determinados sons em inglês.

Cantar é sempre bom, e mesmo que você não esteja pensando especificamente em cantar para aprender inglês, só o fato de você cantar em inglês para se divertir, e de ficar repetindo a mesma música até aprender, vai acabar fazendo você melhorar o seu inglês… brincando.

Nesse sentido vale à pena conhecer o Karaoke Channel, no youtube.

https://www.youtube.com/channel/UCPhsF4E-vChQBEF4Zl9hvqw

Eu já falei sobre ele na Dica 505 (https://dicasingles.wordpress.com/2012/10/23/dica-505-the-karaoke-channel/), mas é sempre bom relembrar. Esse canal tem uma coleção enorme de vídeos de karaokê, para você cantar e se divertir. Uma coisa muito bacana do canal é que muitas das músicas têm duas versões, uma com a voz de um cantor – não o cantor original – e outra sem a voz do cantor. Você pode ouvir a versão com a voz do cantor muitas vezes até aprender, e depois tentar cantar a versão em karaokê.

Aqui estão só alguns exemplos de vídeos.

“Imagine”, de John Lennon, com a voz, para você aprender:

 

“Imagine”, em versão karaoke, para você cantar:

 

“Baby I Love You”, de Jennifer Lopes, com a voz, para você aprender:

 

“Baby I Love You”, em versão karaoke, para você cantar:

 

“I Will Survive”, de Gloria Gaynor, com a voz, para você aprender:

 

“I Will Survive”, em versão karaoke, para você cantar:

 

Procure no canal e com certeza você vai achar músicas que você goste.

Eu recomendo que antes de você começar a cantar ouça muitas vezes a música, prestando bastante atenção à pronúncia das palavras e tentando associar as palavras escritas aos sons. Depois comece a cantar e quando estiver mais firme, passe para a versão em karaokê. Aprender uma música dá trabalho. Você precisa cantar muitas e muitas vezes até conseguir. Às vezes a gente acha que é difícil, e que não vai conseguir. Vai conseguir, sim. Se você não conseguir, é porque desistiu antes.

Existem aplicativos que permitem que você baixe vídeos do youtube no seu computador. Você pode baixar as suas músicas favoritas e depois brincar de karaokê. Pode até convidar os amigos e fazer uma noite de karaokê na sua casa. Que tal? Podem até combinar que nesse dia só vão falar em inglês. Será pura diversão!

Cante, divirta-se e aprenda inglês!

Até a próxima,

Carlos

 

Dica 611 – Minha entrevista no canal “A Culpa é dos Livros”

março 5, 2015

No canal “A Culpa é dos Livros” no youtube, Alyssa Mou, uma adolescente que adora ler, dá dicas e faz comentários sobre livros. É muito bacana ver alguém que tem tamanha paixão por livros. Ler é realmente maravilhoso. Recomendo que você conheça e assine o canal. Quem sabe não fique estimulado a ler mais?

https://www.youtube.com/user/culpadoslivros

Foi com grande alegria que dei uma entrevista para Alyssa falando sobre os meus livros e sobre dicas de como aprender inglês. Aqui está o link para que você possa assistir:

Eu sempre li muito e ler sempre foi uma parte importante da minha vida. Através da leitura a gente conhece o mundo e conhece histórias interessantes que nos inspiram para a nossa vida. Ler faz a gente viajar na nossa imaginação e até na vida real. Várias vezes eu tive vontade de conhecer um determinado lugar depois de ter lido sobre ele, ou de ter lido uma história que se passava naquele lugar. Quando eu era criança, li no colégio, no livro de inglês, um texto sobre o Liberty Bell em Philadelphia, e sempre sonhei em conhecê-lo. Até que fui até lá e vocês não podem imaginar a emoção que senti.

No caso do inglês especificamente, ler ajuda a ampliar o seu vocabulário. Você não precisa estudar as palavras do livro, nem ir procurar o significado delas num dicionário. De tanto você ler, você acaba aprendendo as palavras pelo seu significado no contexto. É incrível como isso funciona!

Uma das vantagens da leitura é que você pode escolher o livro que vai ler. Procure um assunto que você goste. Não importa o que você estiver lendo. Você vai se divertir se o assunto for do seu agrado.

Se você já gosta de ler, continue lendo sempre mais. Se você acha que não gosta, é porque está lendo pouco! Tente ler mais e logo estará apaixonado.

Até mais,

Carlos

Dica 609 – Pare de querer se divertir!

fevereiro 12, 2015

Hoje em dia eu sinto que as pessoas só querem saber de se divertir. Ninguém pode ter um momento chato na vida. Tudo tem que ser agradável e divertido do começo ao fim.

A aula de inglês tem que ser como um circo. O aluno precisa estar dando risada e se sentindo feliz o tempo inteiro. Ai do professor que der uma atividade que os alunos achem chata… Está fadado a ouvir reclamações por todos os lados.

Eu não sou contra a diversão. Eu também gosto que os meus alunos se divirtam… um pouco. Mas para se aprender alguma coisa, tem também que se passar por uma parte chata. Nada é apenas diversão. Uma aula minha tem muita coisa que não é só diversão. Afinal, para o aluno aprender, precisa se esforçar um pouco também.

Vamos esquecer um pouco da aula de inglês. Vamos pensar em outras coisas. Uma academia de ginástica, por exemplo. Você vê o pessoal levantando peso, empurrando máquinas pesadas com as pernas, fazendo abdominais, etc, e ninguém está sorrrindo. A maioria faz cara de sofrimento enquanto faz esforço. Se você parar e ficar observando é até engraçado ver as caretas que fazem. Quando acabam de fazer o exercício, porém, muitos vão até o espelho e ficam observando os músculos se definindo, e é aí que eles sorriem. É aí que o momento de prazer aparece – ao ver o resultado do esforço. Tem até gente que passa mais tempo se olhando no espelho do que fazendo os exercícios…

Uma bailarina que ensaia horas e horas por dia sente dores horríveis no corpo todo. Os dedos do pé ficam destruídos. Ela sofre durante os ensaios. Mas ao se apresentar no palco, na frente de uma platéia, é uma alegria só… no final, quando recebe os aplausos.

Um escritor sofre para escrever o seu livro. É claro que ele tem uma ideia na cabeça, mas muitas vezes fica horas e horas sentado na frente do computador e não sai nada. Ele se desespera, acha que perdeu a capacidade de escrever, escreve muita coisa e depois apaga, tem vontade de jogar tudo para o ar… Mas depois de o livro pronto e publicado, ele fica feliz com o resultado.

Um cozinheiro precisa descascar batatas, picar cebolas, lavar as verduras, e tudo isso é muito chato. Ele fica cheirando mal, os olhos ardem, fica horas em pé na cozinha, mas quando serve um prato e as pessoas elogiam a sua comida… que prazer ele sente! Tudo vale a pena.

Ensaiar uma peça de teatro dá um trabalho enorme. Os atores tem que passar um tempão decorando o seu texto e isso é chato às vezes. Ficar ensaiando e repetindo a cena centenas de vezes – por mais que se goste do que faz – é cansativo. Isso sem falar em ter que aguentar um diretor exigente que às vezes fica bravo, grita e reclama. Eu já fui diretor de teatro e sempre dizia aos atores no final da cena: “Ficou bom, mas pode ser melhor. Vamos tentar mais uma vez.” Mas no final de tudo, apresentar a peça e receber os aplausos da platéia, ou ouvir o riso, o choro e todas as reações do público é maravilhoso. Todo o esforço é compensado.

Aprender inglês também é assim, gente! Tem que esforçar, passar por momentos difíceis, sofrer um pouco, para chegar ao resultado final.  Quando você aprende uma estrutura nova, é difícil conseguir falar uma frase completa corretamente e numa velocidade natural. A gente fala devagar, procurando as palavras e pensando muito no que vai dizer. Mas não pode parar aí. Você tem que repetir a frase dezenas de vezes até conseguir falar a frase de uma maneira natural. Eu costumo dizer para os meus alunos: “OK, agora repita muitas vezes até conseguir falar como uma pessoa normal!”

Não dá tempo de o aluno repetir a mesma frase dezenas de vezes numa sala de aula. E além disso, cada pessoa é diferente. Um aluno pode conseguir depois de vinte repetições e outro pode precisar de trinta. Por isso esse trabalho deve ser feito por conta própria, em casa.

Tem aluno que reclama: “Mas é muito chato ficar repetindo muitas vezes a mesma frase!” É mesmo, mas no final de muitas e muitas repetições, quando você conseguir falar aquela frase corretamente no meio de uma conversa, aquilo será uma alegria. O momento de alegria e prazer virá depois do esforço feito.

Até aprender a cantar uma música dá trabalho – se você quer aprendê-la corretamente. Você precisa repetir muitas e muitas vezes até cantar corretamente. Eu mesmo, que já sei inglês, levo dias para decorar uma música nova. Fico cantando horas e horas seguidas, no meu carro, na cozinha, no banheiro, etc. Eu me divirto com isso, mas dá trabalho.

Eu tive o meu maior momento de prazer com o inglês muitos anos depois de ter começado a aprender a língua. Eu já era professor de inglês, inclusive. Acho que já contei essa história aqui, mas conto outra vez, pois professor adora repetir as coisas. Isso aconteceu quando fui a Nova Iorque e assisti pela primeira vez ao musical “Les Miserables“. Eu saí do teatro completamente emocionado, olhei para o céu e agradeci a Deus por eu ter aprendido inglês, só para poder assistir e entender aquela peça. Todo o tempo que eu passei estudando e as horas de prática e exercícios, e os dias decorando os verbos no passado, tudo foi recompensado pelo prazer de assitir ao Les Miserables“. O prazer e a  diversão que senti naquele momento fez tudo valer a pena.

O prazer e a diversão não são sempre imediatos. Você precisa se esforçar muito e passar por alguns momentos chatos para poder chegar lá. Tem até aquela música da Britney Spears que diz que se você quer ter um corpo maravilhoso, se quer ter uma mansão com piscina, um carro maravilhoso na garagem… tem que trabalhar! É isso aí!

Por isso, pare de achar que tudo na aula de inglês tem que ser só diversão. Faça a parte chata com vontade. Esforce-se! Você vai aprender bastante, vai melhorar muito o seu inglês e depois vai se divertir muito com ele.

Até a proxima,

Carlos

 

Dica 597 – Outra música de Halloween

outubro 29, 2014

Aproveitando a proximidade do Halloween, aí vai mais uma música divertida para você aprender e praticar o seu inglês enquanto conhece um pouco mais da cultura dos países de língua inglesa.

“Halloween”

 

Para ilustrar, aí vão umas fotos das tradicionais jack o’ lanterns. Essas foram feitas pelas crianças da escola onde eu trabalho, uma diversão que se repete todos os anos. As crianças decoram as abóboras com motivos diversos e depois fazem uma exposição e um concurso para escolher a mais criativa.

 

 

IMG_8738 IMG_8750 IMG_8751 IMG_8752 IMG_8760 IMG_8766 IMG_8767

Quer saber um pouco mais sobre Halloween e sobre as jack o’ lanterns? Pesquise! Aprenda a ir atrás das coisas e descobrir por si só. Isso é um instrumento muito importante para o aprendizado.

Até mais e Happy Halloween,

Carlos

Dica 593 – Cante “Let It Go”

junho 7, 2014

Uma das perguntas que eu mais recebo é sobre indicações de músicas para cantar em inglês. Assim como eu, muita gente gosta de cantar em inglês e sabe que cantar ajuda muito a aprender. Cantar ajudar a melhorar a pronúncia, ajuda a aprender a juntar as palavras, ajuda a gravar palavras e expressões. Cantar ajuda a aprender gramática, pois a gente repete tantas vezes a mesma coisa que aquilo fica gravado na nossa cabeça. Quando vamos falar, as frases saem naturalmente da nossa boca.

No meu livro “Aprenda Inglês Cantando e Aprenda a Cantar em Inglês” há muitas dicas de como usar músicas para aprender inglês, e dicas de como encontrar músicas que o ajudem a praticar conteúdos específicos do inglês, como tempos verbais, por exemplo.

A dica de hoje é a música “Let It Go”, tema do filme “Frozen”. Para quem não sabe, o filme “Frozen” ganhou o Oscar de melhor animação deste ano. Além disso,  já é o quinto maior sucesso de bilheteria de todos os tempos, um fato incrível já que se trata de um desenho animado. E merece, pois o filme é realmente lindo e a história maravilhosa. Se você ainda não o assistiu, assista. Em inglês, sem legenda!

A música “Let It Go” também ganhou o Oscar de melhor música deste ano. Cantada pela maravilhosa Idina Menzel, uma famosa atriz e cantora da Brodaway, a música é muito bonita mesmo.

Aí está o video com a letra para você aprender a cantar.

Cantar em inglês é divertido e faz bem para o seu inglês. Não precisa ter voz boa, nem ser super afinado. O objetivo não é você ser um cantor, mas cantar por prazer. E de quebra melhorar o seu inglês!

Divirta-se a até a próxima,

Carlos

Dica 586 – Você não entende as letras das músicas? Então você é normal!

março 27, 2014

Todo mundo que me escreve ou fala comigo reclama que não consegue entender as letras das músicas. Se você tem este problema, a boa notícia é que você é absolutamente normal!

É difícil entender todas as palavras de um música. E isso até para pessoas que são fluentes em inglês. Até os nativos não conseguem entender todas as palavras de uma música. Eu já tive essa experiência quando não conseguia entender um trecho de uma música e perguntei a vários nativos e nenhum deles conseguiu entender.

Vejam esse vídeo que o meu amigo Mauro Ajaj Sayeg compartilhou no facebook hoje. É um trecho do “The Tonight Show”, que agora é apresentado por Jimmy Fallon. Nesse trecho, eles pedem quem as pessoas tuítem trechos de músicas que cantam errado. E dão risada dos seus próprios erros.

Como você pode ver, nem os nativos entendem tudo e cantam errado. Só que quando eles erram, eles não ficam se martirizando por não saber inglês. Eles sabem inglês, mas não entenderam uma parte da música. Se para eles não há problema nisso, por que deveria haver para você? Não entender o que é cantado não significa que o seu inglês é ruim.

Pense nas músicas em português que você canta ou já cantou errado. Pense em pessoas que você conhece que cantam músicas erradas. Nós somos nativos em português e também não entendemos tudo. (Eu já escrevi outras dicas falando nisso. Dê uma olhada no blog.)

Eu sempre aconselho que quando estamos aprendendo a cantar uma música nova devemos ler a letra junto, pois assim garantimos que vamos aprender a cantar corretamente. Muitas vezes nós cantamos e achamos que está certo, e nem nos damos conta de que estamos cantando errado. E gravando a letra errada na nossa cabeça, vamos cantar errado para sempre, pois a palavra não sai mais da nossa memória.

Cante em inglês, pois é divertido e ajuda a melhorar o seu inglês. E relaxe se não entender! É normal e não há problema nenhum

Até mais,

Carlos