Posts Tagged ‘second’

Dica 594 – Pratique o Second Conditional com “The Big Bang Theory”

junho 19, 2014

Eu adoro assistir a seriados de TV. Além de me divertir, é sempre uma oportunidade de ouvir mais inglês e de aprender coisas novas. Como nunca consigo me desligar do fato de ser professor, sempre acabo achando uma cena para usar no ensino de inglês. E foi assim que achei essa cena do seriado “The Big Bang Theory” onde aparece o second conditional.

Montei esse vídeo com a cena e uma pequena prática da estrutura. Dá para você se divertir e treinar o seu inglês um pouquinho:

Assista a seriados em inglês sem legenda. Quanto mais você assistir, mais o seu inglês vai melhorar. Entender é uma questão de treino. Quando mais você treinar, melhor você vai entender.

Nessa cena eu coloquei a legenda, pois o meu objetivo era praticar a estrutura gramatical. No entanto, para você entender o episódio, você não precisa da legenda. Tem gente que me diz que quando coloca a legenda em inglês consegue entender mais. Isso acontece, porque você está lendo. Você está praticando a leitura e não a audição. Para você melhorar a sua compreensão auditiva, o melhor é ouvir apenas. Assim você vai aprender a ouvir cada vez melhor.

Continue praticando e até mais,

Carlos

 

 

 

 

Anúncios

Dica 543 – Uma ótima música para praticar o Second Conditional

abril 5, 2013

No episódio do seriado “Smash” que foi ao ar essa semana nos Estados Unidos, a maravilhosa atriz da Broadway Bernadette Peters contracenou com a ótima Megan Hilty, uma das estrelas do seriado.

Em “Smash”, elas estão ensaiando o musical “Bombshell”, onde Megan Hilty faz o papel de Marilyn Monroe e Bernadette Peters faz a sua mãe. Detalhe: no seriado as personagens também são mãe e filha. E há bastante conflito entre as mães e filhas na história e no musical.

Nesta cena, as duas cantam juntas a música “Hang the Moon”. A música é linda, mas como você já sabe, eu não consigo ouvir uma música sem pensar: “Olha aí o Second Conditional”. Então aí vai o vídeo da música com a letra. Assim você pode cantar essa música que é realmente bonita e emocionante, e praticar um pouco o seu inglês.

Há muitas músicas por aí com o Second Conditional, e eu mesmo já postei várias aqui. Tem bastante material para você escolher e se divertir. Eu adoro musicais e amo esse tipo de música. Se você gosta de outro tipo de música, procure alguma do seu agrado. Há músicas para todos os gostos.

Mas antes, tente ouvir essa, pois realmente vale a pena!

Até mais,

Carlos

Dica 506 – Dois vídeos para você praticar o segundo condicional

outubro 24, 2012

Eu já contei aqui que muitas vezes estou assistindo a um filme e de repente percebo uma determinada estrutura gramatical sendo usada. Minha cabeça está sempre ligada nessas coisas. Eu sou professor 24 horas por dia. Embora as pessoas que estão comigo achem um pouco estranho, eu gosto de fazer isso. E agora, com o uso do computador, consigo editar a cena e usá-la com meus alunos.

Cenas de filmes são bons exemplos de como a língua é usada naturalmente. Nos livros e vídeos feitos especialmente para ensinar inglês às vezes o diálogo soa um pouco forçado e não é muito natural. Como autor, eu sei que não é fácil escrever um diálogo usando o vocabulário que os alunos conhecem e usando apenas as estrutruras que queremos ensinar. Por isso, não estou criticando os autores de livros didáticos. Mas acho que sempre podemos complementar o que aprendemos nos livros e cursos com material autêntico.

Para quem está estudando inglês usar um material autêntico é mais difícil, pois o vocabulário é mais amplo do que o vocabulário do livro. Você pode ouvir muitas palavras que não conhece ainda. Mas isso também é bom, pois você vai sendo exposto a outro tipo de vocabulário e tem a oportunidade de aprender muito mais.

As duas cenas a seguir são do seriado “The Big Bang Theory”, um dos seriados mais engraçados de todos os tempos. Essas cenas são ótimos exemplos do uso do segundo condicional. Assista a elas várias vezes, divirta-se a pratique essa estrutura.

Rat Man and Mouse Boy:

Captain Arrogant:

Eu já escrevi aqui que para aprender a entender inglês é melhor assistir a filmes em inglês sem legenda. Quanto mais você assistir, mas vai conseguir entender. Mesmo que não entenda todas as palavras, vai entender pelo contexto. Isso vai sempre melhorando, à medida que você assiste mais e mais.

No caso desses vídeos, coloquei a legenda em inglês, pois o meu objetivo não é compreensão do que é dito, mas sim praticar a estrutura gramatical. Nesse caso, vale a pena ouvir, ler e tentar falar junto. Pode ser difícil no início, mas com bastante prática você consegue. É só ter persistência.

Divirta-se e vá sempre aprimorando o seu inglês!

Até mais,

Carlos

Dica 477 – Sugestão da Helô: Música com o Second Conditional

junho 22, 2012

Recebi da minha amiga Heloisa Gouveia o link para essa música engraçadíssima, usando o Second Conditional em inglês. A Helô me escreveu que foi uma sugestão de uma aluna dela.

Achei uma versão com a letra, que é mais fácil de entender, já que o cantor canta super rápido. E dá para você cantar junto.

Há alguns errinhos na letra. Veja se você consegue descobrir.

Obrigado, Helô, pela sugestão!

Cante, divirta-se e pratique o seu inglês!

Até mais,

Carlos

Dica 474 – Uma ótima música para treinar o condicional em inglês

junho 14, 2012

A minha cerimônia de entrega de prêmios favorita é sem dúvida o Tony Awards, que premia os melhores da Broadway de cada ano. Eu adoro ver os números musicais dos principais espetáculos em cartaz em Nova Iorque.

A cerimônia de entrega do Tony Awards de 2012 foi no dia 11 de junho e foi muito boa, apresentada pelo talentosíssimo Neil Patrick Harris. Depois do número de abertura da festa, com uma cena do musical “The Book of Mormon“, Neil entrou e cantou uma música maravilhosa sobre como a vida poderia ser igual ao teatro. Quando a música acabou, virei para a Cris e disse: “What a great second conditional song!” Eu sou assim mesmo…

Bom, depois de alguns dias consegui colocar a letra no vídeo e a coloquei no youtube. Além da música ser muito divertida, é ótima para praticar if-clauses. Você vai cantar, rir e aprender inglês ao mesmo tempo. Então, aproveite:

Depois de repetir tantas vezes “If life were…“, “If life were“,”If life were“, vai ficar muito mais fácil você se lembrar na hora de falar. Essa é uma grande vantagem de usar músicas para treinar inglês.

Se você se interessar, há vários outros vídeos da festa do Tony disponíveis no youtube. É só procurar!

Divirta-se e até a próxima,

Carlos

Dica 464 – Vídeo para praticar If-Clauses

maio 18, 2012

Eu sou professor de inglês 24 horas por dia, e não consigo me desligar. Às vezes ouço uma música no rádio ou num CD, ou até na minha aula de ginástica e já penso que ela seria ótima para ensinar um determinado ítem de gramática ou vocabulário.

Há muitos anos, eu e a Cris estávamos nos Estados Unidos e assitimos pela primeira vez o filme “Hercules”. Eu me lembro perfeitamente que num determinado momento do filme eu virei para ela e disse: “Second Conditional”. Anos mais tarde, quando o filme saiu em DVD, eu sabia que tinha uma cena com o second conditional, mas não me lembrava qual. E assisti ao filme inteiro só para achar. E achei, é claro. Mas junto com aquela cena, achei outras do chamado first conditional.

Essa semana eu estava preparando uma aula e me lembrei daquelas cenas. Aí montei esse vídeo, que coloquei no youtube:

Assistindo a esse vídeo, você pode treinar um pouco as if-clauses, mais especificamente o first conditional. Você pode tentar falar as frases junto com os personagens. Algumas são rápidas, mas com o treino você consegue. Experimente!

Como eu costumo dizer para os meus alunos, preste atenção ao mundo à sua volta. Tenha os olhos e ouvidos sempre abertos. Tente perceber as coisas que você lê ou ouve. Muitas vezes você acabou de estudar algo na aula de inglês, e encontra aquilo num filme ou numa música. Tudo isso são oportunidades que você tem de usar o que você está estudando num contexto mais real, fora da sala de aula.

Ficando atento ao mundo a seu redor, você aprende muito mais.

Até a próxima,

Carlos