Posts Tagged ‘vila’

Dica 545 – Cante “Raise Your Hand”

abril 11, 2013

Eu sou fã do programa Sesame Street, um programa educacional infantil da TV americana, no ar há mais de 40 anos. O programa é voltado a crianças em idade pré-escolar e ensina sobre letras e números além de conceitos importantes sobre as emoções, os relacionamentos, ética e boas maneiras.

Para quem está estudando inglês, o programa é ótimo, e mesmo que não sejamos crianças, podemos nos divertir e aprender muito. Por isso eu sempre mostro cenas do programa aos meus alunos. Sesame Street tem também uma quantidade enorme de músicas muito boas para se cantar e aprender inglês. As músicas são modernas e não soam como as musiquinhas infantis tradicionais. São boas para qualquer idade.

Entre elas, aqui está a música Raise Your Hand, que ensina de maneira alegre e divertida como se comportar numa sala de aula. Quando você quiser falar, fazer uma pergunta, ou até pedir para ir ao banheiro, levante a mão e espere o professor chamá-lo – não interrompa a aula. Esse é um hábito muito feio de muitos alunos brasileiros – não só crianças!

Cante e divirta-se:

Só de ouvir a música e cantar junto, você já estará praticando bastante o seu inglês e aprendendo novas expressões e vocabulário. Cantar é uma ótima maneira de treinar e aprender inglês.

Há muito material do Sesame Street online. Eu já publiquei outras coisas anteriormente, mas procurando você consegue encontrar muito mais. Dê uma olhada, divirta-se a aprenda sempre mais!

Até a próxima,

Carlos

Anúncios

Dica 531 – Tente sempre e você vai aprender

janeiro 16, 2013

Um vídeo que está circulando pelo facebook me fez pensar novamente sobre o processo de aprender. E embora eu já tenha falado sobre isso muitas vezes, nunca é demais repetir. Se você não viu ainda, veja esse vídeo de uma cachorrinha tentando aprender a descer as escadas:

Aprender é igual para qualquer pessoa ou qualquer animal. É um processo de tentativa e erro. Se você não tentar, não vai conseguir. A cachorrinha tem medo, tenta, acha que não vai dar, quase desiste e volta a tentar. O cachorro mais velho vai até ela e mostra como ela deve fazer. Ela tenta copiar, mas tem dificuldade. Ele mostra mais uma vez. Diz a ela, da sua maneira, que ela deve tentar e que ele estará lá para ajudá-la. Até que ela vai e finalmente consegue.

O processo é igual para todo mundo. E eu não estou falando só de aprender inglês. Aprender sempre significa dar um salto no escuro. Você vai entrar num território desconhecido. Dá um pouco de medo, pois você está saindo da sua zona de conforto. Mas se você não fizer isso, não vai aprender nada. Esse medo é natural, mas você precisa enfrentá-lo. Com o tempo, vai se sentindo mais confortável, menos inseguro, até aprender.

Na próxima vez que aquela cachorrinha for descer a escada – pena que não temos o próximo vídeo – não vai ser totalmente fácil ainda. Ela ainda vai ter um pouquinho de medo, um pouquinho de dificuldade, mas vai ser um pouco menos difícil. Até que, depois de muitas tentativas, ela vai conseguir descer a escada sem medo e com tranquilidade.

E o cachorro mais velho, Simon? Qual foi o papel dele nesse processo? Ele foi o professor. Mostrou várias vezes e esperou que a “aluna” tentasse. É esse o papel do professor. O professor não ensina. Ele mostra como é, e o aluno aprende por conta própria. Na aula de inglês também é assim. O professor mostra como é a língua. Você tenta. Você erra. O professor mostra mais uma vez. Quando ele te corrige, ele não está criticando você. Ele está apenas mostrando como é a maneira correta de falar. E ele dá a você oportunidades para praticar. Mas quem tem que tentar é você. Até que você aprenda.

Acabei de me dar conta que esse cachorro sou eu!

E qual o papel da dona dos cachorros? Também é o papel do professor. Ela vai encorajando a aluna. Ela diz: “Vamos lá, você consegue!” “Muito bem! Está no caminho certo!” “Tente mais uma vez!” Mas o trabalho de tentar é da aluna.

Como aluno, você precisa ter sempre isso em mente. Para aprender você precisa tentar. Tentar não significa acertar de primeira, nem de segunda, nem de décima. Você vai melhorando um pouquinho de cada vez até aprender. E você pode falar para você mesmo: “Muito bem, estou no caminho certo!” “Estou começando a aprender.” Não adianta você pensar no que não consegue fazer ainda. Você precisa pensar que está cada vez melhor.

Essa semana eu estava na escola onde trabalho dando testes de classificação para alunos novos. Eu sempre digo a eles que o teste não tem aprovação ou reprovação. Nós queremos justamente saber o que o aluno já sabe e o que ele ainda não sabe, para o colocarmos num curso onde ele já saiba o que está para trás e não saiba o que vem pela frente. Uma menina de 8 anos que foi fazer o teste foi classificada num determinado nível. Eu expliquei para ela que havia coisas que ela sabia e coisas que ela ainda não sabia. Ela então me disse: “Eu não sou boa de inglês.” Eu disse a ela: “Você é boa nas coisas que você já sabe e não é boa nas que você não sabe. Quando você começar o curso você não será boa naquilo. No final do semestre você será boa. E aí você vai para um curso mais adiantado, onde você não será boa, até que no final do semestre você ficará boa.” Como eu já escrevi numa dica anterior, o objetivo não é você ser bom no começo – é ser bom no fim.

E para aprender, você precisa tentar fazer as coisas em que você ainda não é bom. Até você aprender, e ficar melhor. Por isso tente sempre! Esforce-se, lute contra as dificuldades, tente mais e você vai conseguir. Se parar por que causou de tentar, vai ficar no mesmo lugar e não vai aprender.

Esse vídeo me lembrou de um vídeo do programa Sesame Street que eu vi há muitos anos. Fui procurar e é claro que achei no youtube (E viva o yotube!). A qualidade não é muito boa, mas a mensagem é clara. Tentar é o segredo! Aqui está ele:

Trying and Trying Again:

Tente sempre, É isso que vai levar você para a frente!

Até a próxima,

Carlos

Dica 486 – Você sabe o significado de “soggy”?

julho 31, 2012

Eu já comentei aqui sobre uma série de vídeos do “Sesame Street” onde celebridades se juntam aos personagens do programa para ensinar vocabulário. Os vídeos são muito bem feitos, e através dos exemplos é muito fácil de entender as palavras dentro de um contexto.

Vejam esse vídeo que demonstra o singnificado da palavra soggy:

É muito mais fácil entender vocabulário dentro de um contexto, e sempre em inglês. Quando você aprende o vocabulário ouvindo a explicação em inglês, você já vai aprendendo a usar a palavra, já aprende expressões que são usadas com a ela e consegue usá-la mais facilmente.

Há muitos outros vídeos como esse disponíveis no youtube e no site do Sesame Street (http://www.sesamestreet.org/). Procure, divirta-se a aprenda!

Até mais,

Carlos

Dica 471 – Cante e não desista diante das dificuldades

junho 1, 2012

Essa música do programa Sesame Street fala sobre a importância de não desistir diante dos obstáculos. Quando alguma coisa é difícil e achamos que não vamos conseguir, temos que tentar, tentar e tentar. Uma hora nós vamos chegar lá. Eu já falei sobre isso diversas vezes, mas essa música muito gostosa cantada por Bruno Mars vai ajudar você a se convencer de que isso é verdade.

“DON’T GIVE UP” (Com Bruno Mars)

Aqui vai a música com a letra, para você assistir e cantar junto:

Como eu já falei antes, se você não está mais a fim de fazer algo, ou se não gosta mais de alguma coisa, não há problema nenhum em desistir. Desista e vá fazer outra coisa diferente. O que não pode é desistir porque é difíciil. Tudo é difícil no começo, mas com esforço acaba ficando mais fácil. Você consegue até aprender inglês!

Don’t give up!

Até a próxima,

Carlos